Investimento de R$ 1,2 bilhão em aviação regional facilita acesso a cidades e aumenta conectividade do país

  • primer tv
  • 20/Jun/2022
  • 0
  • Com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil, aeródromo vistoriado na sexta-feira (17/06) pelo Governo Federal, passa por obras de infraestrutura que vão impulsionar a economia da região

Pistas maiores e terminais mais confortáveis vão melhorar a infraestrutura do Aeroporto de Dourados, no Mato Grosso do Sul e impulsionar a economia local. Os investimentos no terminal sul-mato-grossense fazem parte de um total de R$ 1,2 bilhão aplicados pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura (MInfra), na ampliação da aviação regional de todo o país.

Executada pelo Governo Federal, por meio do Exército Brasileiro, em parceria com o MInfra, a obra contempla no aeroporto de Dourados inclui reforma e ampliação da pista de pouso e decolagens em 300 metros, regularização das faixas de pista e áreas de segurança, drenagem, colocação de cerca operacional e trabalhos de terraplenagem das áreas destinadas às futuras edificações. Para viabilizar o empreendimento, serão aplicados R$ 49 milhões via Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac).

Construção das edificações

As melhorias no aeroporto de Dourados não param nas obras de ampliação da pista. Em abril deste ano, após autorização do Governo Federal, o governo do Mato Grosso do Sul abriu processo licitatório para contratar projeto executivo de arquitetura e complementares para a construção das edificações do aeródromo, como o novo terminal de passageiros. Cidade mais populosa do interior do estado, a cidade está próxima da fronteira do Brasil com o Paraguai e é passagem obrigatória dos turistas em direção a Bonito e ao Pantanal.

Serão investidos R$ 505 mil do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac) para custear a contratação dos projetos, que devem prever a adoção da Modelagem de Informação da Construção (BIM, na sigla em inglês) nas edificações. Trata-se de tecnologia de “construção inteligente”, que reduz os custos das obras públicas, garantindo mais eficiência e qualidade no resultado. Além de Dourados, outros 19 aeroportos regionais do país têm sido modernizados conforme os critérios BIM.

Com informações do Ministério da Infraestrutura.

Foto: Chico Ribeiro/Governo do Mato Grosso do Su

 

Comentar

0 Comentários