Prefeitura Florianópolis determina novas restrições a partir desta quarta (24)

  • Primer TV
  • 23/Jun/2020
  • 0
  • Prefeitura Florianópolis determina novas restrições a partir desta quarta (22)

foto/divulgação: Divulgação

Prefeitura Florianópolis determina novas restrições

 

 

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que novas medidas restritivas serão aplicadas na cidade após o aumento de casos de COVID-19. As medidas serão publicadas no Diário Oficial do município ainda hoje e começarão a valer a partir de quarta-feira, 24.
 

“Estamos apertando agora enquanto temos controle. Se esperarmos mais algumas semanas, vamos ter que fechar por ter perdido o controle e a batalha contra a doença na nossa cidade”, disse o prefeito Gean Loureiro.
 

Nos últimos dias, a cidade está monitorando um aumento de casos confirmados por COVID-19, o que tem refletido um aumento de ocupação em UTI e de mortes pela doença. Técnicos da secretaria de saúde acreditam em uma segunda onda de contágio e que precisa ser duramente combatida já no início.
 

Novas medidas do dia 24 de junho de 2020

Restaurantes: somente das 11h às 15h e durante dias de semana. Período noturno e finais de semana, somente por delivery e busca no balcão.

 

Bares e lanchonetes: somente até às 18h. Período noturno e finais de semana, autorizado apenas delivery e busca no balcão.

 

Padarias: somente serviço de balcão, sem consumo no local

 

Supermercados: capacidade máxima reduzida para 30% de ocupação. Proibição de promotores de produtos.

 

Academias comerciais e não comerciais: fechadas

 

Shopping Center: fechado

 

Galerias: fechadas

 

Áreas de lazer/Beira-Mar Norte/Beira-Mar Continental/Ponte Hercílio Luz: somente dias de semana.

 

Serviço público não essencial: apenas teletrabalho no âmbito municipal, estadual e federal.

 

Arenas de esportes e quadras esportivas comerciais e não comerciais: fechadas.

 

Praias: somente para esporte aquático e pesca. Proibida a permanência na areia. 

 

O uso de máscaras se torna obrigatório em toda cidade, passível de multa mínima de R$ 1.250, 10x mais que o valor anterior de multa, para pessoa física, e a reincidência para o não uso de máscaras poderá chegar ao valor de multa de R$ 2.500. Para pessoa jurídica a multa mínima é de R$ 2.500 por descumprimento do regramento sanitário. A população poderá fazer denúncias de pessoas que não estão respeitando o isolamento social e o não uso de máscaras. As denuncias podem ser feitas no site https://covidometrofloripa.com.br/, na aba "denúncias Vigilância Sanitária". 


Em 14 dias, a administração municipal irá avaliar o comportamento epidemiológico do município, podendo restringir mais ou fazer novas flexibilizações.

 

 

 

Comentar

0 Comentários