São José é novamente destaque na geração de empregos em Santa Catarina

  • Primer TV
  • 08/Jul/2019
  • 0
  • De acordo com os dados do Ministério da Economia, a cidade fechou o mês com a criação de 4.650 novas vagas

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, mostram que a cidade de São José apresentou um saldo positivo na geração de empregos no mês de maio, sendo a segunda colocada em geração de novas vagas no Estado de Santa Catarina. Neste período foram abertos 4.650 postos de trabalho e 4.395 desligamentos, o que gerou um saldo positivo de 255 vagas.

O setor que mais empregou foi o setor de Atividades Administrativas Terceirizadas com um saldo positivo de 237 vagas, seguido pelo setor de Atividades Profissionais específicas e atividades profissionais científicas com um saldo positivo de 132 vagas e, em terceiro lugar, o setor de Tecnologia da Informação com 30 vagas positivas.

“Estamos conseguindo manter o crescimento do município, pois acreditamos que é por meio da criação de novas oportunidades que conseguimos contribuir com o progresso daqueles que vivem e também desejam empreender, consequentemente, a cidade se desenvolve”, destaca a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont.

“Procuramos fazer uma gestão voltada à criação de estratégias que visam estimular o desenvolvimento e a geração de renda no município. Neste sentido, trabalhamos na ampliação constante de espaços que possibilitem que os empreendimentos se estabeleçam e buscamos apoiar eventos e diversas ações que fomentem a economia local e da região”, comenta o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Waldemar Bornhausen.

O secretário cita como exemplo a Expo São José 2019, que começou nesta sexta feira (05) e segue até domingo (7) no CTG Os Praianos, como um excelente exemplo de eventos promovidos pela Prefeitura de São José com o objetivo de movimentar a economia da região.

Desempenho estadual

Em maio, a geração de empregos em Santa Catarina apresentou perdas de vagas em setores como o comércio e a agricultura, mas com pouco impacto no acumulado do ano e dos últimos 12 meses, que marca geração positiva de vagas acima de 2,5%. O estado fechou com mês abrindo 84.364 vagas e fechando 85.523. O setor que mais reduziu vagas foi o agrícola, com 3,74% e 1157 empregos a menos. No comércio a perda foi de 0,29%, com 1226 postos a menos. A indústria manteve geração estável, com -0,05% e abertura de 24291 empregos.

Foto: Divulgação Secom/PMSJ

Comentar

0 Comentários