Secretaria de Educação desenvolve projeto para preparação de alunos para a Prova Brasil

  • Primer TV
  • 04/Oct/2019
  • 0
  • A ideia é garantir que os estudantes ampliem seus conhecimentos e se sintam confiantes durante a aplicação da prova e em diversas atividades

 Os alunos são divididos grupos e recebem um crachá
com letras, cores e formas geométricas, sendo que,
durante a atividade, os grupos vão se misturando.

Com o objetivo de preparar os alunos do 5º e 9º ano da rede municipal para a realização da Prova Brasil, a Secretaria de Educação de São José desenvolve em 22 escolas do Município o projeto Evolutio. Por meio de um quiz, os mais de 2 mil alunos que participaram do projeto nesse ano, aprendem o valor do trabalho em equipe e são motivados para a realização do simulado. A Prova Brasil, que será realizada entre 21 de outubro e 1º de novembro em todo o país, é aplicada pelo Ministério da Educação (MEC) para medir o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) no Brasil.

Para garantir um desempenho melhor dos alunos de 5º e 9º ano da rede municipal de São José durante a aplicação da prova, desde 2015 a Secretaria de Educação desenvolve o projeto Evolutio, que em latim significa evolução. A ideia é garantir que os alunos ampliem seus conhecimentos e se sintam confiantes durante a aplicação da prova e em diversas atividades que irão desenvolver ao longo da vida. A equipe do projeto procura, todos os anos, inovar o modo como as atividades são realizadas nas escolas.

De acordo com o professor Vilmar Peres Júnior, do Setor Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, o projeto tem o intuito de auxiliar as crianças e adolescentes na compreensão do sistema da prova, além de promover a interação entre os colegas de turma, revelando a força do trabalho em equipe. “O projeto trabalha com o motivacional e o trabalho em equipe para que os alunos possam participar da dinâmica sabendo que cada um precisa do outro para solucionar as questões”, explica Vilmar.

O professor Vilmar Peres Júnior explica que o projeto
tem o intuito de auxiliar as crianças e adolescentes na
compreensão do sistema da prova, além de promover a
interação entre os colegas de turma, revelando a força do
trabalho em equipe.

Com duplas de profissionais do setor Pedagógico da Secretaria de Educação, o projeto visita cada escola durante dois dias. No primeiro dia, a atividade interativa é divida em três partes: apresentação do projeto, realização do quiz e encerramento com um vídeo motivacional. Já no dia seguinte, a equipe realiza um simulado com 44 questões para o 5º ano, e 52 questões para as turmas de 9º ano. As questões são das disciplinas de língua portuguesa e matemática, seguindo o modelo da Prova Brasil.

A experiência do projeto é proporcionar a imersão à matemática e a língua portuguesa. Os alunos são divididos grupos e recebem um crachá com letras, cores e formas geométricas, sendo que, durante a atividade, os grupos vão se misturando. Com o início do quiz, os alunos têm um minuto e meio para responder as alternativas das perguntas que são projetadas e também entregues em forma de cartão. Dentro desse tempo, os alunos recebem placas com quatro alternativas, que devem levantar apenas uma ao encerrar o tempo para a solução da questão.  A resposta correta também é apresentada na projeção e promove grande alegria para os acertos.

No primeiro dia, a atividade interativa é divida em três
partes: apresentação do projeto, realização do quiz e
encerramento com um vídeo motivacional.

Para a diretora do Centro Educacional Municipal (CEM) Maria Iracema Martins de Andrade (Barreirão), Adriana Bernadete Pires, o projeto prepara os alunos para a convivência em sociedade. “Este projeto faz a diferença para o ensino, pois irá auxiliá-los em outras provas no futuro, sendo essencial para prepará-los para a sociedade, para tudo o que farão na vida”, avalia Adriana.

A escola é uma das 22 unidades de ensino fundamental da rede municipal que teve o crescimento significativo na avaliação do Ideb nos últimos anos, estando acima da média prevista pelo MEC. O aluno do 9º ano do CEM, João Alfredo Rosa Pereira, 15 anos, já sente que está preparado para a Prova Brasil. “Me sinto mais confiante e, mais importante, acreditando na minha capacidade”, revela João.

Fotos: Divulgação Secom/PMSJ

 

Comentar

0 Comentários