Diretoria do Bem-Estar Animal distribui 300 vales castração por mês em São José

  • Primer TV
  • 04/Oct/2019
  • 0
  • Em conjunto com o projeto de mutirão, já foram realizadas mais de 2,7 mil castrações gratuitas neste ano

A castração é considerada uma das melhores opções para controle da taxa de natalidade e para levar mais qualidade de vida para os animais. Em São José, a distribuição de vales para castrar cães e gatos é feita gratuitamente pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e da Diretoria Bem-Estar Animal (Dibea). Para a comunidade são entregues 10 unidades do vale por dia, de terça a sexta. Somando os vales distribuídos para os protetores, totaliza-se 300 por mês.

Somando os resultados do projeto mutirão e a distribuição de vales que a Dibea promove mensalmente, foram mais de 2,7 mil vales entregues à comunidade somente este ano. Nas fêmeas, a castração evita tumores mamários, infecção uterina, gravidez psicológica entre outras patologias. Já nos machos, a castração impede a reprodução sem controle, evita alguns tipos de câncer, reduz a demarcação territorial pela urina do animal e faz com que ele brigue menos.

“O que mais nos emociona e nos motiva em torno desta causa tão importante, de proteger e dar mais qualidade de vida, tanto para os animais em situação de vulnerabilidade, como para a população, é ver a alegria e a gratidão de cada pessoa pela oportunidade em castrar seu bichinho”, conta a diretora de Bem-Estar Animal, Helena Márcia Kretzer.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Sinara Simioni, os cuidados e a proteção dos animais são também preocupações da administração municipal. “O trabalho de castração em São José é uma demonstração da preocupação do Poder Executivo Municipal com a causa animal. É fruto do trabalho da equipe da Dibea e da Secretaria de Saúde, que não mede esforços do para transformar São José em uma cidade melhor”, assinala.

Para ter direito ao benefício, o cidadão precisa ir até a sede da Diretoria Bem-Estar Animal (Dibea), localizada na rua Altamiro Di Bernardi, 108, em Campinas, e apresentar a documentação necessária (CPF, RG, comprovante de residência e de renda familiar até três salários mínimos). O atendimento é realizado de segunda à sexta, das 8h às 17h, sendo que segunda a distribuição dos vales é exclusiva para protetores. Mais informações pelo telefone (48) 3348-5739, ramal 20.

Foto: Divulgação Secom/PMSJ

Comentar

0 Comentários