Operação Saque Forçado prende nove pessoas em Santa Catarina e no Paraná

Na manhã desta quarta-feira, 29, foi deflagrada, pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Videira, a Operação Saque Forçado, que contou com o apoio da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). Militares da Companhia de Patrulhamento Tático (CPT) do 8º Batalhão de Polícia Miltar (BPM), de Joinville, cumpriram cinco mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão na cidade.

No bairro Jardim Paraíso foram presos dois homens, alvos da operação, contra os quais haviam mandado de prisão a cumprir e também busca e apreensão.

As investigações apuram crimes contra o patrimônio em que os envolviods são acusados de pelo menos cinco ações delituosas, todos crimes de furto mediante arrombamento com uso de maçarico.

Integram organização criminosa que atuava em várias cidades de Santa Catarina e do Paraná, focados no cometimento específico de furtos a caixas eletrônicos.

Após diligências, foi dada voz de prisão aos detidos, que foram conduzidos ao presídio regional de Joinville, bem como apreendidos todos os objetos relacionados com os crimes.

Ao todo, nove pessoas foram presas preventivamente e também foram apreendidos celulares, munições, ferramentas, anotações, rádios comunicadores, entre outros itens, nos municípios de Monte Carlo, Fraiburgo e Videira, no Oeste, e Joinville, no Norte do Estado, e também em Clevelândia, no Paraná.

Os envolvidos são investigados por organização criminosa, posse ilegal de arma de fogo, arrombamentos e furtos qualificados. Dois foram presos em Monte Carlo, um em Fraiburgo, dois em Joinville e dois em Clevelândia. Outros dois alvos do mandados de prisão já estavam presos em Abdon Batista.

5ªRPM/8ºBPM - 8º Batalhão de Polícia Militar (Área norte da cidade) Joinville - Por Cabo Silvia Schemczssen Santiago 

Comentar

0 Comentários