Preço da cesta básica em Palhoça sobe 10% apenas em outubro

Ficou mais caro colocar comida na mesa, em Palhoça. Levantamento feito pela Faculdade de Tecnologia Nova Palhoça (Fatenp) mostra que apenas no mês de outubro o preço da cesta básica subiu 10,3% em relação a setembro. Agora, para adquirir os 13 produtos que compõem a cesta básica é necessário desembolsar R$ 365,13 (em setembro, o valor era de R$ 331,03).

O aumento de 10,3% chama a atenção especialmente neste momento em que o governo federal e o mercado financeiro dizem que a inflação do ano inteiro vai ficar na casa dos 4%. Na prática, como mostra o levantamento, o custo de vida deverá subir mais do que essa estimativa.

— O índice teve a repercussão do aumento no preço do tomate (117%) e da batata (34%), produtos que impactaram os custos de alimentação em todo o país — comenta Willian Adamczyk, professor da disciplina Evolução das Teorias Econômicas, do curso de Administração da Fatenp.

Os outros aumentos foram na farinha de trigo (+4%), óleo e pão (+2%) e feijão (+1%). O preço do arroz não teve variação e houve quedas nos preços do leite (-11%), café (-7%) e manteiga, banana, carne de gado e açúcar (todos, - 1%).

A coleta de preços segue a metodologia do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), sendo feita com a marca mais barata, no mesmo período do mês, para que os resultados sejam comparáveis entre si, sem a influência de promoções ou ofertas e é realizada mensalmente em conjunto por alunos da 4ª fase dos cursos de Ciências Contábeis e Administração da Fatenp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *