Urna Eletrônica, Tecnologia utilizada em 35 países.

O Instituto Internacional para a Democracia e a Assistência Eleitoral com sede em Estocolmo, a urna brasileira é referência mundial.

 

O Sistema de captação, armazenamento e apuração dos votos, concebido e desenvolvido pela Justiça Eleitoral Brasileira, faz do País um dos poucos a anunciar os resultados das eleições poucas horas após o encerramento da votação. Esta tecnologia chamou a atenção de boa parte do mundo. Atualmente 35 países utilizam o sistema da votação eletrônica. Dentre eles, alguns de grande tradição democrática, como a Suíça, Canadá, Austrália. Alguns estados norte-americanos também adotam a urna eletrônica. A Índia, considerada a maior democracia do mundo em número de eleitores (mais de 800 milhões) também utiliza o sistema eletrônico de votação e apuração.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, atualmente a Justiça Eleitoral tem estabelecido acordos de intercâmbio de conhecimento. “Somos referência mundial nesse assunto, e os acordos de cooperação firmados são uma oportunidade para o Brasil transferir conhecimento. O acordo não é para ceder equipamento ou transferir softwares, mas, sim, para transferir conhecimento, pois cada país tem sua realidade”, destaca Janino.

Só para lembrar: Tudo isto começou em Brusque - SC!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *