Udesc, IFSC e Fapesc criam equipamento inédito para pesquisas em Fisioterapia!

Uma parceria entre a Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina), o IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina) e a Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de SC) criou um novo equipamento, sem similar no mercado, para uso no desenvolvimento de pesquisas na área de saúde, especialmente relacionadas à fisioterapia. O aparelho – uma esteira automatizada aliada a uma câmara hiperbárica para testes ergométricos em camundongos – foi entregue na tarde desta segunda-feira, 8, no Cefid (Centro de Ciências da Saúde e do Esporte), da Udesc em Florianópolis.

Equipamento auxilia nos tratamentos fisioterápicos - Foto Gustavo Vaz/Udesc/Secom
Equipamento auxilia nos tratamentos fisioterápicos - Foto Gustavo Vaz/Udesc/Secom
Entre suas funcionalidades, a máquina será utilizada para avaliar efeitos do treinamento físico aeróbio (TFA) em animais portadores de doenças pulmonares crônicas, visando alavancar pesquisas com foco na diminuição dos sintomas.O evento de entrega reuniu representantes das três instituições, incluindo gestores, professores e acadêmicos ligados ao projeto e aos laboratórios de pesquisa envolvidos na iniciativa.

Laboratórios

Na Udesc Cefid, o equipamento será utilizado em atividades de análise de performance por três laboratórios: o de Pesquisas Experimentais (Lapex), o de Instrumentação (Labin) e o de Análise Multissetorial (Multilab). A demanda de criação do aparelho partiu da professora Deborah de Camargo Hizume Kunzler, coordenadora do Lapex e docente do Departamento de Fisioterapia da Udesc.

No evento de entrega, a docente destacou a parceria entre instituições e o trabalho conjunto de fisioterapeutas e engenheiros, que proporcionou a criação de um equipamento único, "com uma acurácia que não existe no mercado". Ela também agradeceu a todos que participaram da criação do aparelho, que proporcionará uma série de projetos de pesquisa na área – o inaugural, sobre animais com doença renal crônica, será realizado em parceria com o Laboratório de Fisioterapia Respiratória (Lafir), coordenado pela professora Elaine Paulin. Também participaram do encontro as docentes Monique da Silva Gevaerd Loch, do Multilab, e Susana Domenech, do Labin.

Pelo Ifsc, estiveram presentes ao evento de entrega docentes e alunos do curso de Engenharia Mecatrônica do Câmpus Florianópolis, que desenvolveram a máquina, dentre eles os professores Valdir Noll e Johnathan Gutjar, coordenadores do projeto mecânico. Ao todo, 11 estudantes e cinco professores participaram do processo, desde o desenvolvimento do software até das partes mecânica e elétrica do equipamento.

Segundo o professor Noll, foram investidos cerca de R$ 10 mil na elaboração e execução do projeto – valor que poderia chegar a R$ 100 mil, caso fosse executado por uma empresa comercial. Metade dos recursos foram viabililizados pela Fapesc, representada no encontro pela coordenadora de projetos Sônia Bernardini, e o restante pelo próprio Ifsc. Noll também agradeceu a todos que se envolveram no processo, destacando o grande aprendizado gerado aos participantes, especialmente aos estudantes, e manifestou a alegria da equipe em entregar um equipamento inovador, construído em apenas um ano, como resultado de um projeto de pesquisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *