Eleitores podem acompanhar gastos de campanhas em todo o país

Uma ferramenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ajuda os cidadãos a acompanhar de forma mais simplificada as arrecadações e gastos das campanhas  eleitorais, em todos os níveis. O DivulgaCandContas pode ser acessado a partir de qualquer computador conectado à internet. A ferramenta ajuda os eleitores a descobrir se algum candidato está extrapolando o teto de gastos das campanhas, uma das novidades do pleito deste ano. O limite foi aprovado pelo Congresso Nacional, em 2017, na minirreforma eleitoral. O DivulgaCandContas também mostra dados sobre a declaração de bens dos candidatos e as propostas que eles registraram na Justiça Eleitoral. Para Santa Catarina, o TSE determinou que os candidatos ao governo estadual podem gastar, no máximo, R$ 9,1 milhões, para concorrer no primeiro turno. No segundo, o teto é de R$ 4,1 milhões. Os valores foram determinados com base no número de eleitores no Estado. Despesas acima desse teto podem gerar punições às chapas. Dos nove candidatos ao governo, três já enviaram dados preliminares referentes à arrecadação e gastos de campanha à Justiça Eleitoral: Leonel Camasão (PSOL), Gelson Merisio (PSD) e Mauro Mariani (MDB). Até esta segunda-feira (3), a campanha que tinha apresentado a maior arrecadação era a de Mauro Mariani. O deputado estadual já tinha informado que conseguiu arrecadar R$ 5.574.466,33 . Ele é seguido do também deputado Merisio, que tinha somado  R$ 3.269.210,96. Já a campanha de Camasão informou à Justiça Eleitoral uma arrecadação mais modesta, de  R$ 122.389,58 até esta terça-feira. Nos três casos, a maior parte dos recursos era proveniente de doações dos partidos de cada coligação. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC), entre os dias 9 e 13 deste mês, será aberto prazo para que todos os candidatos, independente do cargo, apresentem uma prévia das contas. Já o balanço final dos gastos de campanha deve ser encaminhado pelos candidatos à Justiça Eleitoral até o dia 6 de novembro, para quem participar do primeiro turno e até o dia 13 do mesmo mês, para quem for ao segundo turno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *